Lançado o Debian 9 Stretch

Depois de 26 meses de desenvolvimento, o projeto Debian tem o orgulho de apresentar a sua nova versão estável 9 (codinome “Stretch”), que será suportada durante os próximos 5 anos, graças ao trabalho combinado da equipe de Segurança do Debian e da equipe de Suporte de Longo Prazo do Debian.

O Debian 9 é dedicado ao fundador do projeto, Ian Murdock, que faleceu em 28 de dezembro de 2015.

Na “Stretch”, a variante MySQL padrão agora é o MariaDB. A substituição dos pacotes do MySQL 5.5 ou 5.6 pela variante MariaDB 10.1 acontecerá automaticamente na atualização.

O Firefox e o Thunderbird retornam ao Debian com o lançamento da “Stretch”, e substituem as suas versões com as marcas removidas Iceweasel e Icedove, que estiveram presentes no repositório por mais de 10 anos.

Graças ao projeto “Reproducible Builds”, mais de 90% dos pacotes fonte incluídos no Debian 9 construirão pacotes binários idênticos bit-a-bit. Essa é uma funcionalidade de verificação importante que protege os usuários contra tentativas maliciosas de adulterar compiladores e redes de construção. Versões futuras do Debian incluirão ferramentas e metadados para que usuários finais possam validar a procedência de pacotes dentro do repositório.

Administradores e aquelas pessoas que estão em ambientes sensíveis a segurança podem se confortar em saber que o sistema gráfico X não exige mais privilégios de “root” para executar.

A versão “Stretch” é a primeira versão do Debian a apresentar a ramificação “modern” do GnuPG no pacote “gnupg”. Isso traz criptografia de curva elíptica, padrões melhores, uma arquitetura mais modular e suporte melhorado a smartcards. Nós continuaremos a fornecer a ramificação “classic” do GnuPG como gnupg1 para pessoas que precisam dela, mas agora ela está obsoleta.

Os pacotes de depuração estão mais fáceis de obter e usar no Debian 9 “Stretch”. Um novo repositório “dbg-sym” pode ser adicionado à lista de fontes do APT para fornecer símbolos de depuração automaticamente para vários pacotes.

O suporte a UEFI (“Unified Extensible Firmware Interface”), introduzido primeiramente na “Wheezy”, continua a ser consideravelmente melhorado na “Stretch”, e também suporta a instalação em firmware UEFI de 32 bits com um kernel de 64 bits. As imagens Debian live agora incluem suporte à inicialização UEFI como uma nova funcionalidade, também.

Esta versão inclui vários pacotes de software atualizados, tais como:

Apache 2.4.25
Asterisk 13.14.1
Chromium 59.0.3071.86
Firefox 45.9 (no pacote firefox-esr)
GIMP 2.8.18
uma versão atualizada do ambiente de área de trabalho GNOME 3.22
Coleção de Compiladores GNU 6.3
GnuPG 2.1
Golang 1.7
KDE Frameworks 5.28, KDE Plasma 5.8, KDE Applications 16.08 e 16.04 para componentes PIM
LibreOffice 5.2
Linux 4.9
MariaDB 10.1
MATE 1.16
OpenJDK 8
Perl 5.24
PHP 7.0
PostgreSQL 9.6
Python 2.7.13 e 3.5.3
Ruby 2.3
Samba 4.5
systemd 232
Thunderbird 45.8
Tomcat 8.5
Xen Hypervisor
o ambiente de área de trabalho Xfce 4.12
mais de 51.000 outros pacotes de software prontos para uso, construídos a partir de pouco mais de 25.000 pacotes fonte.

Com essa ampla seleção de pacotes e seu tradicional amplo suporte de arquiteturas, o Debian mais uma vez se mantém fiel ao seu objetivo de ser o sistema operacional universal. Ele é apropriado para muitos casos diferentes de uso: de sistemas desktop a netbooks; de servidores de desenvolvimento a sistemas de cluster; e para servidores de bancos de dados, web ou armazenamento. Ao mesmo tempo, esforços adicionais para garantia de qualidade, como instalação automática e testes de atualização para todos os pacotes do repositório do Debian asseguram que a “Stretch” satisfaz as altas expectativas que os usuários têm de uma versão estável do Debian.

Um total de dez arquiteturas são suportadas: PC de 64 bits / Intel EM64T / x86-64 (amd64), PC de 32 bits / Intel IA-32 (i386), PowerPC de 64 bits little-endian da Motorola/IBM (ppc64el), IBM S/390 de 64 bits (s390x), para ARM, armel e armhf para hardware de 32 bits antigo e mais recente, além de arm64 para a arquitetura de 64 bits “AArch64”, e para MIPS, em adição às duas arquiteturas de 32 bits mips (big-endian) e mipsel (little-endian), há uma nova arquitetura mips64el para hardware de 64 bits little-endian. O suporte para PowerPC de 32 bits da Motorola/IBM (powerpc) foi removido na “Stretch”.

Para testar o Debian 9 em um live CD ou pendrives, clique aqui para baixar a imagem, caso prefira realizar uma instalação diretamente no disco, clique aqui.

Créditos: Projeto Debian

Webminal a maneira mais fácil de aprender sobre o terminal do Linux

A maior dificuldade de novos usuários que migram para o Linux é o terminal.  Para muitos a tela preta é um enorme quebra cabeça e dificulta muito a utilização, em especial  para quem não está familiarizados com essa poderosa ferramenta.

Dominar o terminal requer certa dedicação e estudo, afinal, é uma ferramenta que proporciona inúmeras possibilidades ao usuário, desde configurações, manipulação de arquivos e outras tantas. Existem centenas de sites, canais no youtube e materiais que tratam o assunto de forma a possibilitar um aprendizado mais eficaz, mas ainda assim muitas pessoas ainda torcem o nariz para a linha de comando.

Para quem está chegando no Linux é importante que o básico dos comandos em um terminal sejam  entendidos, haja visto que, mesmo aquelas distribuições que possuem ferramentas gráficas para configurações e automatização requerem a intervenção via linha de comando, sendo então necessário entender ao menos o essencial.

Para você que está cegando ao universo Linux e busca aprender mais sobre linha de comando, o site Webminal te oferece de forma gratuita e interativa (aprendendo e fazendo), em um terminal online, a praticar e usar as ferramentas mais comuns utilizadas no terminal.

Para usar o Webminal, basta registrar-se no site criando uma conta (em inglês) , e botar a mão na massa, realizando as atividades disponíveis. Então, o que você está esperando? Mãos a obra e bons estudos.

Via genbeta.com

Caramba, já se passaram 9 anos!

Parabéns!

Caramba! Já se passaram nove anos. Foi naquela manhã de domingo que o blog nasceu. Como passa rápido. Valeu a pena? Muito, muito mesmo. Aqui fiz novos amigos, novos seguidores, novas experiências e claro, muita troca de informação e conhecimento.

Nove anos!

Quando o blog surgiu, a ideia inicial era falar só de Linux, na mais pura essência da palavra, porém com o tempo, fui mudando o foco para tecnologia em geral e claro, um pouco de opinião. Acho que deu certo. Algumas postagens antigas ainda rendem bons questionamentos. Lógico que o foco é nosso amado Linux e isso não vai mudar.

Para o próximo ano penso em fazer algo para nossos seguidores. Talvez o sorteio de alguns brindes, livros, enfim, uma forma de agraciar aqueles que seguem o caminho e participam, seja por aqui, pelo facebook, twitter dentre outas ferramentas que divulgam o blog.

Parabéns para o blog e parabéns aos nossos seguidores. São vocês que estimulam e possibilitam manter este espaço, mesmo com menos frequência de postagens. Prometo, isso mudará.

Vida longa ao Caminho Livre!

Lançado Debian 8.4 com correções de segurança e atualizações de pacotes

debian-logo-horizontal

Foi liberado ontem, 02/04 a mais nova versão do Debian 8.4 e 7.10. Ambas receberam uma série de atualizações de segurança e várias correções de pacotes.

Para maiores informações do lançamento clique aqui para a versão 8.4 e aqui para 7.10.