Post #300

Normalmente quando vamos comemorar alguma coisa, temos como referência os números. Eles, muitas vezes são abominados pelas pessoas, afinal, a matemática da vida se resume em números e muita gente não se da bem com eles. Os números são o ponto de partida e também o ponto de chegada, são primos, naturais, inteiros, binários, datas, enfim, os números, objeto da matemática usado para descrever quantidade, ordem ou medida, movem o mundo, agradam uns e desagradam outros.

Aproveitando o tempo livre e a inspiração, resolvi escrever o Post #300. Muitos de vocês vão se perguntar se isso é uma retrospectiva. Em época de fim de ano isso é normal. Nada como relembrar as coisas boas e ruins. Mas acreditem, o Post #300 tem outra finalidade. Repensar conceitos, reavaliar atitudes, planejar ações e o mais importante, comemorar os 300 posts publicados no blog.

Ao longo dos últimos oito anos e quatro meses, o que era pra ser um repositório de ideias, tornou-se uma paixão e cresceu. Estamos no twitter, facebook e temos até um periódico. Lógico que a frequência de matérias reduziu sensivelmente, apesar de estarmos em outras redes. Vale lembrar que não vivo de receitas do blog e nem penso nisso. Isso é um passatempo. Diga-se de passagem, delicioso. Infelizmente minha profissão exige muito de meu tempo e acabo deixando para oportunidades como esta, o hábito de escrever e trazer algo para os leitores. O blog nasceu de um desejo enorme de escrever. Antes porém era necessário perder o medo. Todos nós temos medos, o meu era expor ideias e trazê-las ao público da grade rede.

O Posto #300 reflete exatamente isso. O desejo de escrever mais, expor as ideias e estar mais presente. Embalado no Linux 5.0 e no retorno do Popcorn Time, não poderia deixar para depois esse texto. Acreditem, foram longos oito anos para chegar no número 300. Pode ser pouco, dependendo do ponto de vista de cada um, ou talvez até muito, o fato é que chegar até aqui foi  muito gratificante.

Ao longo desse tempo consegui agregar amigos, contatos e lógico, um desafeto com apenas um usuário. Nada tão cabuloso assim, podem crer. Também recebi muitos convites de parcerias. Nunca houve má vontade de minha parte em aceitá-los, mas jamais consegui ajustar minha demanda de tempo para trabalhar com os parceiros. Minhas desculpas por isso. Outro aspecto relevante era que o blog no início foi focado em Linux, porém, com o passar do tempo e a necessidade de ampliar o rol de assuntos, o que julguei muito útil para a sobrevivência do site, optei em mudar o foco. Isso pode ser visto em algumas publicações que deram um bom retorno dos usuários. Sempre digo, o feedback é muito importante. Seja criticando, enaltecendo ou sugerido e o principal, participando. Entretanto, que fique bem claro, o carro chefe do blog é Linux, Software Livre e afins, com uma boa dose de tecnologia, é claro!

De todas as #300 publicações, julgo que algumas foram inúteis e inoportunas. Não as excluí. É no erro que aprimoramos. Isso pode ser constatado, por exemplo, no post que falo sobre a criação de um bot no Telegram. Não deu certo e serve de exemplo. Porém tive bons retornos em outros assuntos que tratei por aqui. O Campeão deles foi sobre a instalação de um SSD num MacBook. Os comentários não param de chegar e sempre tiro dúvidas dos usuários. Isso mostra que não estava errado em diversificar os assuntos. Falando em MacBook, também fui criticado quando escrevi sobre meus primeiros passos no mundo Apple. Sim, uso Mac e OS X e não vejo mal nenhum nisso. Mesmo com essa escolha não deixei meu adorado Linux de lado. O Debian reina soberano aqui.

Por fim, e mais importante, o Post #300 servirá para não deixar apagar o desejo de continuar escrevendo sobre tecnologia em toda a sua plenitude. Entendam uma coisa, nem sempre é fácil conciliar trabalho, vida em família e lazer com um blog, mas tendo um tempinho de sobra, boa vontade e inspiração, essa chama não se apagará. Por isso que não poderia deixar que o Post #300 passasse em branco ou fosse sobre outro assunto qualquer. Ele tem sua importância.

As vezes também me pergunto: o blog vai continuar? Sim, não tenho a menor dúvida disso. O prazer em escrever e expor as ideias nunca acaba. Espero apenas que tenham paciência e sobretudo curiosidade em passar por aqui, deixando pelo menos um pequeno “hello word”, para que a motivação continue.

Deixo registrado também meu muito obrigado a todos que um dia aportaram aqui e meu desejo que voltem sempre. Não se esqueçam de dar seu feedback. Isso ajuda muito e é o retorno que todo blogueiro necessita para manter seu projeto vivo. Quem venha em breve o Post #400!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s