Meu desabafo…

Não gosto de misturar as coisas aqui no blog, mas chega um momento que algumas situações nos fazem refletir sobre o que anda acontecendo, levando-nos a avaliar sobre os rumos que as coisas andam tomando.

Sinceramente sinto-me envergonhado. Não como profissional de segurança pública, mas como brasileiro e cidadão. Ao longo de minha vida e dos meus dezoito anos de profissão, todos os dias li, reli e continuo lendo sobre a questão das drogas em nosso país.

Não houve um dia sequer que não tenha visto, seja no jornal, internet, documentos internos de minha valorosa corporação ou na mídia televisiva, notícias sobre a criminalidade devido ao tráfico.

É lamentável ver pessoas, em especial os jovens, que poderiam estar contribuindo por um Brasil melhor, perder a vida por causa desse câncer que aflige nossa sociedade.

Pior que isso, é ver situações como as recentes, onde alunos de uma universidade conceituada em São Paulo, mobilizaram-se contra o estado, apoiando usuários de entorpecentes e de quebra invadiram uma reitoria, para depois se intitularem mártires de uma atitude descabida e que mostra simplesmente a falta de maturidade, inteligência e o quanto é vergonhoso defender o uso indiscriminado dessas substâncias. Já está na hora de separar liberdade de baderna.

Infelizmente são esses usuários que financiam a criminalidade em nosso Brasil. A droga que compram hoje, financiará o crime organizado que comprará a arma de amanhã e ceifará mais uma vida.

Pense nisso, não use drogas. Para o mundo ser melhor, não precisamos disso. Seja inteligente.