Instalando e configurando o Calibre no Ubuntu

Sempre fui um entusiasta da boa leitura. Desde minha infância gostei de ler. Graças ao esforço de minha mãe, meu acesso aos livros foi muito fácil, afinal, como professora, sempre trazia algo interessante para eu exercitar esse hábito gostoso. Já na adolescência, me deliciava com os livros exigidos nos trabalhos escolares. Agradeço aos professores por isso.

Recentemente resolvi modernizar. Nada como sentir a textura do papel, o cheirinho de novo do livro impresso, mas acabei me rendendo ao e-reader. Sim, neste post falei sobre o Positivo Alfa e minha experiência com ele. Valeu a pena, confesso que me rendi totalmente à leitura digital. Mas não abro mão do livro impresso!

Com o Alfa na mão, era necessário os livros digitais. Infelizmente em nosso país, essa tecnologia está engatinhando. Algumas empresas já acordaram e estão se mobilizando e montando suas estantes digitais, porém, nota-se que ainda estamos longe da Amazon por exemplo, mas penso que isso é uma tendência que mudará em breve.

Garimpando na net, como sempre faço, encontrei vasto material. Basta uma Googlada para encontrar muitos livros. Gostaria porém de ressaltar duas coisas, a grande maioria está em formato PDF e muitos livros são digitalizados sem o consentimento dos autores. Portanto cuidado com este material. Um site que recomendo é o Domínio Público, site mantido pelo Ministério da Educação, onde pode ser baixado por exemplo a obra completa de Machado de Assis. Existe ainda a Biblioteca da USP e o Projeto Gutemberg.

Pois bem, de posse de muitos arquivos em PDF que baixei, era hora de entupir meu Alfa e ler, ler à vontade. Um fator porém que me desanimou no início foi que os arquivos em PDF não são os mais adequados para serem lidos no e-reader da Positivo. O ideal é baixar arquivos no formato ePub, padrão dos leitores digitais. Diante disso sai em busca de uma solução para converter os PDF e acabei encontrando o Calibre, um gerenciador e conversor de e-books. O grande barato do Calibre que ele é gratuito, em português do Brasil e possui versão para Linux, Windows e MAC. Enfim, era hora de começar a criar meus livros digitais.

Para quem usa Linux, a instalação do programa é bem simples, apesar de usar o modo texto. Para instalar, basta digitar no terminal:

sudo python -c “import urllib2; exec urllib2.urlopen(‘http://status.calibre-ebook.com/linux_installer’).read(); main()”

Essa instalação baixa os pacotes necessários para sistemas 32 ou 64 bits.

Após o comando, o sistema lhe perguntará se você quer instalar o programa na pasta /opt. Se sim, basta dar um enter e baixar os pacotes necessários.

Instalando e configurando o Calibre no Ubuntu
Selecionando a pasta /opt para instalação do Calibre

Após selecionada a pasta, o programa é baixado e instalado manualmente conforme as figuras abaixo.

Instalando e configurando o Calibre no Ubuntu
Download do Calibre em modo texto.
Instalando e configurando o Calibre no Ubuntu
Instalação do Calibre após o download.

Ao término do download do Calibre e ao iniciá-lo pela primeira vez, é necessário efetuar o processo de configuração básica do software. Em três telas, o usuário define a pasta onde os livros digitais serão salvos, o idioma, o tipo de dispositivo que o usuário possui, no meu caso por exemplo, poderia ter deixado “default” ou então escolher o modelo “Booq”, que é o irmão espanhol do Positivo Alfa, que funciona normalmente. Ao final, é apresentada a tela da as boas vindas ao usuário, basta então executar o programa.

Instalando e configurando o Calibre no Ubuntu
Tela de configuração básica do Calibre - escolha da pasta onde os e-books serão salvos.
Instalando e configurando o Calibre no Ubuntu
Seleção do leitor de e-book do usuário. Não existindo o modelo na lista, basta marcar default.
Instalando e configurando o Calibre no Ubuntu
Ao término da configuração, o programa é executado automaticamente.

Ao término da instalação, basta clicar em finish e o programa executará normalmente. Vale lembrar que na primeira execução é necessário efetuar essa configuração. Caso o usuário opte por mudar a pasta onde os e-books serão salvos, após entrar no sistema vá nas opções de configuração do programa e execute o assistente novamente.

Conforme disse, o grande barato do Calibre é que ele possui versão para Linux, Windows e MAC, além de ser gratuito e estar em português do Brasil.

No próximo post, irei demonstrar como converter seus arquivos em ePub e como gerenciar a coleção de livros.

Links úteis:

Site do Calibre, Projeto Gutemberg, Biblioteca da USP, Domínio Público, Positivo Alfa

3 thoughts on “Instalando e configurando o Calibre no Ubuntu

  1. Frederico 1 de setembro de 2011 / 15:17

    Opa, otimo post!
    Me tira uma duvida, voce conseguiu mudar a forma que novos livros sao salvos exemplo, por padrão ficaria:

    “Autor/nome do livro/autor-nome do livro”

    Pois eu não queria que criasse pastas para autor ou para nome de livro, queria todos os livros “jogados” em uma unica pasta, tento editar na parte de salvando os livros para disco, mas nada muda. Teria alguma luz?

    Grato

    Curtir

  2. Wendell 1 de setembro de 2011 / 23:56

    Frederico, pra salvar em apenas um diretório é necessário usar uma variável nas configurações de salvar em disco. Usando a variável {title}, consegui que os livros fossem salvos em apenas uma pasta, sem criar outras como autor/nome do livro/autor-nome do livro conforme você menciona. Uma limitação que encontrei nessa opção é que, os livros convertidos ficam numa pasta aqui nomeada de “desconhecido” e dentro dela, ficam as sub-pastas dos livros converitos, ignorando-se aí o nome do autor como é feito por padrão. Experimente usa a variável {title}. Vá em preferências, “importar / exportar” , opção gravar em disco e coloque a variável sugerida. Minimiza, mas subpastas ainda sim serão criadas com os nomes dos livros convertidos.😉

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s