Sugestão para pauta

Pessoal, é o seguinte –  Ontem após assistir o programa Olhar Digital, mandei um email para a redação sugerindo mais assuntos relacionados a Linux, visto que fizeram uma matéria mostrando as vantagens em se adquirir um notebook com sistema Linux. Isso eu relatei aqui.

Hoje recebi um email da redação, assinado pelo repórter Igor Lopes com o seguinte teor:

“Obrigado pelos comentários. E só não falamos mais do Linux ou Mac no programa porque a grande maioria ainda usa o Windows como sistema operacional. Às vezes nos faltam pautas, não temos tantas idéia sobre o que abordar nestes ambientes se comparado às idéias relacionadas ao Windows. Portanto, sinta-se à vontade para nos sugerir quaisquer assuntos referentes ao Linux!”

Pois bem, talvez nem surta o efeito desejado, mas já que abriram o canal para que sejam feitas sugestões, deixo o espaço aqui do blog aberto para que os visitantes coloquem suas idéias nos comentários para uma  ou mais matérias que julgarem ser interessantes. Na medida que forem sendo postadas,vou selecionando e posteriormente enviarei para a redação do programa.  Caso não queiram postar aqui, o email da redação é: redacao (arroba) olhardigital.com. Já mandei algumas sugestões, porém quanto mais idéias, melhor. 😉

Anúncios

27 comentários sobre “Sugestão para pauta

  1. Sidnei 18 de novembro de 2008 / 01:46

    Talvez que sabe, tudo o que é possível ser feito com linux, desde servidores, até edicões de grandes filmes, efeitos 3d.
    Ou talvez alguma coisa que aqui na cidade é bem interessante, linux na educacão, ou a acessibilidade no linux, como orca, para pessoas deficientes e tal…
    Fica ai algumas sugestões!

    Curtir

  2. Wendell 18 de novembro de 2008 / 02:10

    Valeu Sidnei! Quanto mais sugestões, melhor. As suas estão anotadas e em breve enviarei-as para os produtores do programa.

    Curtir

  3. Roger Leite 18 de novembro de 2008 / 10:09

    Legal o espaço aberto a sugestões !

    Acho que matérias focadas em “profissões” com o a plataforma GNU/Linux seriam muito legais.
    Algo bem o que o Sidnei comentou acima, oor exemplo, mostrar uma matéria com profissionais de edição de imagens que usam linux e GIMP, isso falando que tudo “está na mão” e é livre !

    Outra abordagem legal, seria softwares livres para DJs … tenho um primo DJ e aposto que muitos nem fazem idéia do que é possível fazer com linux e melhor de tudo, sem precisar piratear nada !

    O legal seria lembrá-los que o importante mesmo ao usar qualquer software livre é a participação com a comunidade. Se cada um que usar, participar um pouquinho, em pouco tempo temos documentações, tutorias, novas idéias e braço para tornar o software cada vez melhor.

    Depois nos avisa num outro post o que eles acharam das sugestões !
    Valeu !

    Curtir

  4. terramel 18 de novembro de 2008 / 10:48

    Seria interessante mesmo falar sobre o E17 😉

    Estou devendo um tutorial e quando pego embalo escrevendo ele, algo ruim aconteceu. Quinta-feira bati o carro ;/ Mas o tutorial vai sair sim 😀

    Curtir

  5. Wendell 18 de novembro de 2008 / 11:53

    Roger, suas sugestões estão anotadas e certamente, após consolidar todas as que forem surgindo irei enviar e escrever sobre. Acho interessante explorar o espaço para colher essas idéias, afinal, uma das propostas do universo Open Source é a colaboração e foi por isso que tive essa iniciativa em pedir sugestões aos visitantes. Essas sugestões não são minhas e nem do blog, são daqueles que tiraram um tempinho e resolveram deixar a sua colaboração, dando idéias concretas de como divulgar melhor o Linux e suas vantagens. Acho que falta isso, e já que eles mencionaram dificuldade em achar algo interessante, nada melhor que dar uma maõzinha não é! – Leonardo, tô aguardando ancioso o seu relato sobre o E17, que por sinal é um dos mais belos e fantásticos gerenciadores gráficos que já utilizei. Pena que o desenvolvimento do mesmo é lento, mas quando estiver pronto, vai ser sem sombra de dúvida “o desktop Linux perfeito”. 😉

    Curtir

  6. Marcos Sungaila 19 de novembro de 2008 / 12:52

    Levando em consideração o tema dos equipamentos com Linux e pelo tipo do programa que tal sugerir uma visão sobre os principais desktops em Linux: Fedora, OpenSuse, Mandriva Free… ou mesmo versões comerciais. Mostrar que o acesso ao sistema também pode ser fácil a todos e uma integração destes com a Internet atual. A idéia dos live cd’s e pendrives com Linux mencionada pelo Flavio de Oliveira é fantástica… pode levar muita gente a querer experimentar o Linux em algum lugar. Acho que sistemas especializados (servidores mais precisamente) pode ser maçante para a grande maioria da audiência deles.

    Curtir

  7. Nei Freitas 19 de novembro de 2008 / 13:06

    Minha sugestão seria falar virtualização, dual-boot, live-cd e instalação do ubuntu a partir do Windows incentivando os iniciantes e/ou usuários que gostariam de experimentar o linux mas não querem deixar de usar o Windows.

    Curtir

  8. cristo 19 de novembro de 2008 / 13:17

    Por ordem para não assustar:

    O PODER DO KDE
    A VERSATILIDADE DO GNOME
    A BELEZA LEVE DO COMPIZ FUSION
    OS Truques do BASH
    O todo poderoso MPLAYER e MENCODER
    O SISTEMA PARA SERES HUMANOS UBUNTU 8.10
    A FRANCESA MANDRIVA 2009
    OPENSUSE 11.1
    O ELOGIADO BRASILEIRO GOBLIN X
    EFFECTV
    A SEGURANÇA DO DEBIAN
    A FORÇA DO freeBSD
    A ESTABILIDADE DO openBSD
    A invencibilidade do ZFS
    O poderoso SOLARES
    O MESTRE SLACKWARE
    O DESEMPENHO DO GENTOO
    A COMUNIDADE DO ARCHLINUX

    Curtir

  9. Julio Formiga 19 de novembro de 2008 / 13:38

    Bom, como é um programa onde a maioria usa Windows, não acho que seria interessante mostrar o E17. O E17 é bom para quem já trabalha com algum *nix, *bsd… O telespectador vai querer algo para um teste rápido e sem compromisso nenhum até porque a maioria não terá nenhuma pretensão em migrar, e quem tem essa vontade provavelmente não tem o conhecimento inicial. Sugiro mostrar algo como Ubuntu. Mandriva, SuSE, seja como o livecd ou instalação no hd mesmo, assim o tele’testador’ vai poder logo de cara navegar, entrar (infelizmente) no MSN 😦 , abrir uma planilha, editor de texto. Tudo isso por um botão que lembra o [Iniciar]. E a partir daí mostrar a facilidade de uso, se possível, o uso do compiz, que chama bastante atenção de usuários Windows. Mostrar que documentos podem ser abertos e salvos no “formato do Windows”. E que, importante, a Microsoft irá lançar um plugin (gambiarra, mas não digam isso) para que o pacote Office abra e salve no “formato do Linux”. Se der tempo na matéria, por favor explicar, nem que seja de uma forma rápida, o formato ODT, BrOffice, padrão ISO, e não falar isso que escrevi.. “formato Windows” e “formato Linux” 🙂

    Mostrar em existe investimentos altos da IBM, HP e inclusive agora, da Microsoft, entre outros para que o usuário saiba que não é um ‘programa’ para universitários, ou para trabalhos acadêmicos, servidores, administradores de redes e programadores, e sim um sistema operacional já maduro o suficiente para adoção em quase todas as áreas. (Quase todas porque não conheço TODAS as áreas, mas as que eu conheço, sim, já está maduro o suficiente :))

    Linkar a notícia que a IBM está lançando pcs com o selo “Free Windows”, importante isso para dar mais credibilidade.

    Que o Governo Federal incentiva bastante sua adoção para que deixemos de ser importadores de cópias ilegais para produtores de software, isso saindo um pouco da usabilidade, apenas mostrando a importância de sua adoção, seja no mundo acadêmico, governamental, corporativo e por fim, doméstico.

    Lembrando que o público não é técnico. E até porque quem já é técnico já escolheu de que lado ficar 🙂

    O que acho interessante e que me lembro agora é isso. Caso lembre de mais coisas jogo aqui depois.

    Curtir

  10. Julio Formiga 19 de novembro de 2008 / 14:21

    Relendo o que escrevi, acho que foi muita informação, até porque não sei em quanto tempo será a matéria, 30 minutos mesmo? Mas se puder ir falando alguma notícia dessas e mostrando alguém utilizando uma planilha, conversando com outra pessoa com o Ekiga ou Skipe, navegando, editando uma imagem (Gimp e Inkscape), seria bem interessante também.

    Ahh, não acho interessante mostrar algo como vi lá: Windows vs. Ubuntu. Acho que deveria ser mostrado como a Microsoft está ‘se chegando’ no Software Livre. Como ela está descendo do altar. Como ela tratava o Software Livre a 5-7 anos atrás e como trata do assunto HOJE. Esse tema acho que deveria ter uns 3 a 5 minutos de atenção pelo menos. Minha opinião apenas.

    Muita gente pode até dizer aqui “Pô, esse cara ai só quer falar da Microsoft em um programa sobre Linux!?!?” Mas vamos lembrar que o programa é para quem usa Windows, e mostrar que a Microsoft não passa de uma empresa de software que precisa seguir padrões e tendências e não como uma empresa que as dita é importante, para a partir daí mostrar que Linux NÃO é uma alternativa frente ao Windows. E seria por pouco tempo, só uma introdução do programa.

    IMPORTANTE: Esquecer esse negócio de “é de graça” como maior vantagem do Linux. Falar que sua adoção é pela qualidade técnica e não por sua gratuidade.

    Ahh Vírus.. importantíssimo.. só que não sei o que falar sobre isso, nunca tive problema com eles 🙂 Mas quem souber seria bom mostrar as diferenças. Espetar um pen drive com vírus num Windows e depois removê-lo pelo Linux simplesmente apagando o arquivo, poderia se um momento descontraído do programa. 🙂

    Curtir

  11. Alex Duarte 19 de novembro de 2008 / 14:51

    acho q seria interessante eles flarem d programas similares aos usados no Windows… tais como OpenOffice, Gimp, InkScape, etc…
    seria bom poder mostrar q vc pode abrir mao do windows e trabalhar com programas similares no linux.

    é isso ^^

    Curtir

  12. Wlaker 19 de novembro de 2008 / 15:09

    O PODER DO KDE
    A VERSATILIDADE DO GNOME
    A BELEZA LEVE DO COMPIZ FUSION
    OS Truques do BASH
    O todo poderoso MPLAYER e MENCODER
    O SISTEMA PARA SERES HUMANOS UBUNTU 8.10
    A FRANCESA MANDRIVA 2009
    OPENSUSE 11.1
    O ELOGIADO BRASILEIRO GOBLIN X
    EFFECTV
    A SEGURANÇA DO DEBIAN
    A FORÇA DO freeBSD
    A ESTABILIDADE DO openBSD
    A invencibilidade do ZFS
    O poderoso SOLARES
    O MESTRE SLACKWARE
    O DESEMPENHO DO GENTOO
    A COMUNIDADE DO ARCHLINUX
    A ALTERNATIVA A PIRATARIA, LINUX

    Curtir

  13. Carlos 19 de novembro de 2008 / 15:11

    Uma matéria do tipo o mundo sem o windows, abordando como seria a vida das pessoas utilizando apenas Linux e Mac.
    Acho que seria interessante, para quebrar o paradigma de que o mundo não existiria sem windows.

    Um abraço,
    Carlos

    Curtir

  14. Kurt Kraut 19 de novembro de 2008 / 15:12

    Existe uma idéia (falsa) que Linux é uma zona do ‘salve-se quem puder’ porque é ‘gratuito e todo mundo mexe’. Acusação parecida recai sobre a Wikipédia.

    Eu recomendo a demonstrações de soluçẽos CORPORATIVAS e pagas do Linux, com suporte e garantia de funcionamento como SuSE, Red Hat e Mandriva e como a adoção destas soluções, mesmo que pagas anualmente, são ECONOMIA de custos.

    Essas 3 empresas tem representantes/funcionários no Brasil e poderiam apresentar cases de clientes deles com facilidade.

    Curtir

  15. Gabriel 19 de novembro de 2008 / 15:23

    Acho que seria legal trabalhar com algumas comparações entre softwares do ambiente proprietario e semelhantes do ambiente livre, por exemplo

    PHOTOSHOP e GIMP
    WINDOWS MEDIA PLAYER e XINE/SONGBIRD
    WINAMP e AMAROK
    MSN MESSENGER e AMSN/EMESENE
    COREL DRAW e INKSCAPE
    INTERNET EXPLORER e FIREFOX

    Creio que no geral, a maior preocupação que o usuario final tem quando vai adotar um novo sistema operacional é saber se ele fará tudo que fazia no sistema anterior.

    Espero que ajude! Abraços!

    Curtir

  16. wagner 19 de novembro de 2008 / 15:25

    seria bom, mostrar que o linux tem tudo que se precisa, mostrar os aplicativos equivalentes, com a da M$, isso ira tirar muita duvida, porque o usuario nao usa o open office, porque nao sabe se ele vai poder abrir arquivos feitos no M$office, e assim por diante, derveria ser um tira duvidas generico, tanto para usuarios finais quanto para profissionais da area que so conhecem M$.

    Curtir

  17. olavo giampietro 19 de novembro de 2008 / 15:34

    Bela iniciativa!

    Seria muito interessante mostrar onde o Linux já está difundido, como em servidores de grandes empresas e casos como a Casas Bahia que adotou o Linux. Isso seria voltado para empresas, que acho muito importante para o software livre.

    Outra coisa interessante é mostrar o q muitos já escreveram aí em cima, a facilidade da instalação por live-cd e efeitos gráficos de desktop como o compiz.

    Uma outra idéia muito interessante é entrar em contato com a IBM e pedir para o pessoal do LTC que divulga legal o Linux uma entrevista.

    Fica aí minha idéia!

    Por favor se alguma coisa que escrevi tiver a chance de ser publicada no olhar digital me avisa pra eu poder assistir!

    Parabéns pelo post!

    Curtir

  18. Valessio 19 de novembro de 2008 / 16:06

    Inkscape, Gimp, Scribus, Blender…

    O mundo livre para arte digital.. gráficas, filmes 3ds… etc…

    não é somente MAC ou Windows que estão atuando nestas áreas; acho que é importante mostrar que existe soluções tão eficaz, rápida e segura com SL… para Linux/Windows/Mac… pois é bom frizar que o SL não roda somente em Linux.. e sim, multiplataforma;

    Também a importância dos padrões:

    ODF, SVG, CSS, XML…… enfim… etc.

    Curtir

  19. Claudiomar 19 de novembro de 2008 / 18:20

    Assino em baixo sobre o que Gabriel escreveu.

    Já que o argumento do programa é de “… porque a grande maioria ainda usa o Windows como sistema operacional.”, poderia falar sobre a transição Windows => Linux e sobre os padrões abertos x padrões fechados seus pontos fraco e fortes.

    Curtir

  20. cristo 19 de novembro de 2008 / 18:22

    Como o ubuntu, o suse, o debian e fedora são usados nos cinemas.

    Curtir

  21. André Machado 19 de novembro de 2008 / 21:56

    Conforme já falei no BR-Linux:

    # Reportagens sobre os ambientes GNOME e KDE, explicando como realizar tarefas comuns, como criar pastas, atalhos e arquivos, em ambos;
    # Padrões web que, mesmo não estando ligado diretamente ao GNU/Linux, é um tema bastante presente em nossa comunidade;
    # Um breve histórico do Linux, com ênfase na trajetória do sistema no Brasil;
    E, como um cara falou:
    # Opções de jogos no sistema livre.

    Curtir

  22. sblsks 20 de novembro de 2008 / 12:58

    Achei interessante o ocorrido, e certamente pode ser uma oportunidade relevante para o Soft Livre.
    Seguindo o q sei sobre a idéia do programa Ohar Digital acho q sugestões relacionaadas com possibilidades, tipo Linux e edição de imagem, ou, edição de vídeo, ou, no desktop, etc…, seriam mais interessantes do q comparativos entre Ubuntu e Mandriva ou coisas assim, embora este até tenham seu lugar.
    A maioria das pessoas ñ sabem para q serve o Linux, muitas peguntam, é programa para o que? Muitas pessoas têm um olhar preconceituoso sobre o Linux e acha q ele é limitado demais. Outras tiveram uma exelente má impressão do Linux em seu computador popular (que na minha opnião serviu como um tiro pela culatra) e agora resistem a idéia de usar-lo.
    Por isso, creio q seja uma exelente oportunidade.

    Curtir

  23. sblsks 20 de novembro de 2008 / 13:22

    Como eu ñ disse nenhum tipo de assunto especifico, vou sugerir alguns:

    Como viver sem o Windows?
    (aonde poderia ser aboradado:
    programas equivalentes
    as vantagens, tipo: virus, estabilidade, legalidade dos softs)

    Linha de comando – Uma maneira totalmente diferente de usar o computador
    (aonde poderia ser abordado tudo q se pode fazer, por exemplo; menseger, navegação na internet, edição de imagem e vídeo, etc…, e as vantagens disso, por exemplo, no acesso remoto, maior gama de opções em relação a parte gráfica etc…)

    Como aproveitar seu computador ultrapassado e encostado
    (ótimo nesse momento de crise)
    (além da opções profissionais tipo LTSP, também poderia se comentar sobre soluções mais simples como a de usar sessões do X remotamente numa rede local)
    (http://www.gdhpress.com.br/etdl/leia/index.php?p=cap5-16)

    Curtir

  24. sandro 20 de novembro de 2008 / 16:55

    os temas que pensei :
    * sobre a arquitetura gráfica e os ambientes disponíveis (gnome, kde, xfce, etc), ressaltando que comportamentos anormais do ambiente gráfico não necessariamente estão relacionados à problemas no SO ;
    * desassociar nome de produtos (msword) da finalidade (processador de texto) e apresentar as opções do sistema (koffice, gnome office, OO ,etc) ;
    * o principal para o usuário final é a probabilidade quase nula de ocorrer um vírus.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s