StartUp-Manager – canivete suíço para o Grub

Existem alguns programinhas no linux que realmente fazem a diferença, especialmente para os usuários novatos. Esses “canivetes suíços” são uma mão na roda até mesmo para os mais experientes quando se quer produtividade, apesar que muitos ainda preferem fazer tudo na mão.

Hoje em dia muitas distribuições e desenvolvedores estão preocupadas em minimizar o impacto no que diz respeito a configurações complexas e o uso do terminal para os usuários, especialmente os novatos. Para isso, implementam várias ferramentas para otimizar a configuração do sistema. Um exemplo é o  conceituado Yast do OpenSuse/Suse. Nessa ferramenta, o usuário faz tudo, ou quase tudo para deixar o seu linux redondinho usando interface gráfica.

Quem usa o Ubuntu ainda sente falta de um gerenciador como o Yast para realizar todas as configurações do sistema, desde as mais simples, até a mais complexa. Já li algumas manifestações e sugestões sobre o assunto, porém, pelo menos até onde sei, não existe uma preocupação nesse sentido. Se estiver errado me corrijam!

Dentre essas configurações, uma que incomoda bastante é a do GRUB. Muitos usuários não querem o Linux como sistema principal, outros não curtem a interface e querem colocar algo mais bonito, dentre outras opções. Para resolver, bastaria entrar no terminal, digitar sudo gedit /boot/grub/menu.lst e mudar as configurações conforme sua necessidade. Porém, para quem “nunca” experimentou um terminal e quando deparar com as configurações do arquivo vai acabar enlouquecendo e será mais um motivo para dizer que Linux é ruim, que é difícil e não presta.

Uma solução interessante para resolver a questão é instalar o StartUp-Manager. Esse utilitário gráfico permite editar as configurações do GRUB de forma bastante simples. Para instalar o StartUp-Manager o usuário pode usar a opção Aplicações>Adicionar/Remover Aplicações. Ao abrir, vá no campo esquerdo e em Ferramentas do Sistema localize o aplicativo. Quem optar pelo Synaptic, após abrir o programa, procure por StartUp-Manager e marque para instalação. E para quem quiser instalar pelo terminal, sudo apt-get install startup-manager.

Feita a instalação, agora é hora de configurar o utilitário conforme sua necessidade. Para acessá-lo, vá ao menu Sistema>Administração>StartUp-Manager. Ao ser executado, será apresentada a tela de configuração conforme abaixo.

Para efetuar as configurações é necessário estar logado como root. Não é complicado configurá-lo porém é importante ter cuidado.

Na primeira aba, Opções de inicialização, o usuário pode definir o tempo limite que o GRUB irá dar o boot, poderá selecionar o sistema operacional que inicializará por default e pode ainda escolher a resolução do splash. O ideal é deixar o valor padrão. Nos itens diversos, você pode optar em mostrar ou não o GRUB, opção útil para quem tem apenas o Linux instalado e não necessita do carregamento da interface do gestor. O usuário pode escolher a utilização do splash, aquela telinha que oculta o modo verbose ou então  em mostrar o texto durante a inicialilzação.

Na aba Aparência, o usuário pode melhorar a apresentação do GRUB. Algumas distros capricham na tela, outras usam a aparência default, como é o caso do Ubuntu. Nesta opção você pode usar cores, colocar temas (usar imagem de fundo no GRUB) e mudar o splash. Muitos temas podem ser baixados no Gnome-Look. Vale a pena dar uma boa olhada.

Em Segurança, o usuário tem a opção de proteger com mais rigor o seu sistema. Você pode definir senha para acessar o GRUB, o modo de segurança e nas opções antigas de inicialização, um kernel antigo por exemplo.

Na última aba, Avançado, o usuário pode limitar a quantidade de kernels exibidos, definir algumas opções de boot, criar um disco de segurança e restaurar todas as configurações originais.

Em resumo, o StartUp-Manager é mais voltado para quem não tem habilidade com o modo texto e quer um aplicação que facilite a configuração do sistema. Use-o com moderação e responsabilidade, pois uma configuração errada pode danificar o seu GRUB.

Posts relacionados

O maravilhoso dd e Restaurando seu GRUB

2 thoughts on “StartUp-Manager – canivete suíço para o Grub

  1. carlos 27 de julho de 2010 / 21:25

    gostei. é a primeira vez que alguém comenta alguma crítica minha, que, sem pretender que seja bronca, é com intenção de que alguém que sabe, faça alguma coisa por quem não tem ou não pode ter internete e gosta ou prefere linux. aproveito para lembrar que não tenho ilusões com o sistema do “tio” bill (que já vendeu). pra mim é linux mesmo e não tem conversa. sei que o linux tem muita colaboração de voluntários e tenho um grande sentimento de agradecimento à eles. penso também que o destino do linux é estar instalado na maioria dos computadores (como já está começando). Desculpem a viagem, mas o linux tem até cara de sistema da nova era, pelo que ele é. Infelizmente, caras como eu, só sabem apontar alguns defeitos e no meu caso, é mesmo para incentivar a criação de uma solução. E também sou do tipo que até agora só aprendeu a usar e ainda falta aprender muito mais. Mas, hoje, tive a satisfação de ver uma cŕitica minha ser respondida e, com respeito. Paz e amor e até breve.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s