Colaborando e vendo os resultados

Uma das coisas que aprendi com a comunidade Linux foi o espírito da colaboração. Durante todo esse período que venho aprimorando meus conhecimentos, afinal, nunca se sabe tudo, tenho dado a minha contribuição da maneira que mais gosto, ou seja, divulgando o Linux e a filosofia do open source.

Por duas vezes tive a oportunidade de ministrar cursos sobre Linux e confesso que foi uma experiência única. Nada melhor que falar, ensinar e debater sobre as possibilidades e oportunidades que o Linux  proporciona as pessoas.

Esse semestre tenho alguns motivos para comemorar. O primeiro é que no próximo dia 19 de agosto o blog comemora um ano de atividade. Não tive a curiosidade de verificar as estatísticas de acesso durantes esses doze meses, porém já nos aproximamos das 20 mil visitas. É pouco? Talvez. Mas é gratificante saber que alguém lê o que escrevo. Comentários? Nem sempre. Mas só de ter a certeza de que tutoriais como o que ensina a configurar o Video Intel 915GM ou o Mudando a cara do seu Ubuntu, que são disparadamente os mais acessados, ou então o que ensina a restaurar o GRUB, o mais ativo dos posts, são o combustível para continuar com esse modesto projeto.

O segundo motivo que tem me deixado bastante eufórico é que nesse semestre as matérias da faculdade me chamaram a atenção. Foi unânime para mim, todas me agradaram. Teremos POO2, Tecnologia de Redes, Programação para Internet, Gestão em Inovação Tecnológica e Qualidade de Software. Cada uma me chamou a atenção em algum aspecto, mas certamente Tecnologia de Redes é a minha predileta.

O curso será todo ministrado em Linux. O Debian foi escolhido. Desde sua instalação, configuração do desktop, servidor, redes, e uma série de coisas que muitos leitores aqui do blog já sabem, porém, para a maioria dos colegas do curso ainda é um bicho de sete cabeças. Sinto-me em casa quando a aula começa, afinal, já tenho um conhecimento razoável. Minha maior satisfação no entanto é ver que muitos dos companheiros já despertaram e querem aprender Linux. Daí a minha satisfação em ajudar e contribuir com a disseminação do sistema. Já andei configurando alguns laptops em sala de aula e dando algumas orientações de como fazer e como se familiarizar com a nova tecnologia. Mais gratificante ainda é saber que um dia a consciência de ultrapassar as barreiras que impedem de conhecer novas tecnologias são rompidas, e quando o obscuro é decifrado e paradigmas são quebrados, novas portas se abrem e novos talentos surgem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s