Compre um Dual Core, receba um Celeron M

Itautec W7635

A promoção não existe, mas acabei sendo agraciado com ela. Deixei para relatar essa experiência apenas hoje porque enquanto eu não recebesse um posicionamento da Itautec, não falaria a respeito. Vou deixar claro que não postei esse testamento pra falar mal da empresa nem dos atendentes, mas sim para relatar um fato que acontece todos os dias com as pessoas e coloca em questão a prestação de serviços no Brasil.

Tudo começa em 2006 quando felizmente consegui comprar meu primeiro notebook. Optei pelo modelo W7620. Era um Celerom M com 256 de RAM rodando o XP Home. Paguei caro por essa máquina, na ocasião os notebooks não haviam sido agraciados com a MP do Bem do governo federal.

Estava no primeiro período de Sistemas de Informação e queria um portátil. Era uma necessidade pois como trabalho o dia todo, utilizaria o note onde eu estivesse. Fiquei ancioso pela chegada do aparelho e quando o recebi veio a primeira decepção. O dispositivo wireless não estava funcionando. Acionei o suporte e em dois dias o técnico foi até minha residência onde constatou o problema e de imediato abriu um serviço para que fosse efetuada a troca. Em menos de 10 dias recebi a nova máquina, dessa vez sem nenhum problema. Show de bola o suporte deles. Não posso deixar de enaltecer.

Utilizei essa máquina até o último dia 02 de março quando vendi para adquirir um novo modelo. Após uma busca minuciosa acabei encontrando novamente com um modelo da Itautec, o W7635. Já havia visto um desses com dois colegas da faculdade e gostei bastante. Liguei para a Itautec e após negociar consegui uma boa configuração e um preço campeão. Montei o portátil do jeito que eu queria. Um Dual Core com 2 Gb de RAM e 80 de disco rígido SATA, wireless e gravador de DVD. Optei pelo Librix como sistema operacional com o propósito de que se não me adapatasse, instalaria outro linux de minha preferência.

Feita a compra, agora era esperar os 15 dias úteis (prazo de fabricação e envio) para receber meu notebook. Confesso que foram duas semanas longas. Primeiro porque fiquei sem minha ferramenta de estudo, trabalho e lazer. Segundo, porque mesmo tendo um desktop em casa, me sentia deslocado quando sentava em frente ao PC. É falta de costume mesmo! Depois que você tem um notebook seu PC fica absoleto. Digo isso levando em conta a mobilidade que um notebook proporciona. Como tenho um cantinho especialmente organizado para estudar, longe dele não consigo me concentrar.

Após essa longa espera e aguardando ancioso a nova aquisição para organizar meus trabalhos da faculdade e voltar para minha rotina normal de estudos, recebi na última quinta-feira (06/03) o notebook. Tive que intervir na entrega pois o endereço que deixei cadastrado não ficaria ninguém durante aquele dia. Consegui junto a transportadora que entregassem a encomenda em meu local de trabalho. Por isso que é bom morar no interior!

Feliz com meu novo notebook, ali mesmo no trabalho, cercado pelos curiosos, abri a caixa e fui verificando se estava tudo ok. Cabos, manuais, nota fiscal e enfim, o notebook. Confesso que estava muito feliz. Porém felicidade de pobre dura pouco. Ao abrir o aparelho, para minha surpresa, na etiqueta da Intel constava CELEROM M. Putz, nessa hora era 50% alegria e 50% decepção. Como explicar isso? Afinal comprei um Dual Core e me mandaram um Celerom M. Liguei a máquina e fui verificar a BIOS. Pensei comigo, talvez colaram a etiqueta errada. Mesmo assim não perdi as esperanças, porém poucos segundo após elas acabaram quando vi que realmente era o Celerom.

De imediato liguei para a Itautec. Expliquei tudo que havia acontecido, inclusive solicitei que fosse verificada a configuração inicial da máquina e a atendente confirmou – O senhor comprou um Dual Core com 2 GB de RAM, 80 de HD, gravador de DVD e com o sistema Librix. Confirmei a compra e expliquei que ao receber o notebook eu tinha recebido um Celerom em vez de um Dual Core. No início ela não entendeu. Penso que para ela Dual Core e Celerom deve ser a mesma coisa. Pediu-me então um segundo e colocou uma música. Até decorei a canção. Foram 20 minutos com o celular colado na orelha e nada até que desliguei. Liguei novamente e ela me atendeu. Desculpou-se pela demora e me orientou em entrar em contato no outro dia com a atendente que havia me vendido o aparelho. Para minha desgraça a atendente havia saído de férias. Entrei em parafuso. Como ficar com uma máquina que não comprei? Insisti na resolução do problema até que ela me deu a solução. A vendedora entrou de férias, mas deixou com sua substituta a documentação sobre minha compra.

Nessa hora a gente pensa que vai explodir. Fiquei duas semanas aguardando com ansiedade a nova compra e quando você pensa que vai dar tudo certo acontece um erro desses.

No dia seguinte entrei em contato com a empresa. De imediato expus meu problema. A atendente que substituia a vendedora pediu meu CPF e fez algumas consultas. Fiquei com aquela musiquinha irritante no ouvido quando ela manifestou que a compra estava certa, que eu havia realmente comprado um Celerom. Nessa hora tive que me conter para não perder o resto de paciência. Mesmo assim, irritado com a situação toda, novamente expliquei o que havia acontecido, disse que havia quando montei minha configuração eu tinha optado por um Dual Core e não um Celerom e que eu queria uma solução, caso contrário poderia ser cancelada a compra e o aparelho poderia ser recolhido. Após alguns minutos intercalando música com “aguarde só mais um momento”, eis que foi me solicitado um pequeno prazo e meu telefone de contato para que fosse verificada a situação. Bem, já tava fudido mesmo, então resolvi aguardar. Desliguei o telefone e fui cuidar de minha vida.

Horas depois fui contactado. A atendende muito educada disse que já havia sido providenciado a montagem de uma nova máquina com as configurações que eu havia feito e que em breve eu receberia a mesma sem nenhum custo. Argumentei o que havia acontecido pois esse tipo de erro coloca em xeque a credibilidade da empresa. Ela apenas se limitou a dizer que foi um porblema operacional mas que seria corrigido com a remessa de um novo aparelho, sendo este porém com a configuração escolhida por mim. Ainda me orientou a entrar em contato com o setor de reclamações para que fosse formalizada uma reclamação para dar continuidade ao processo de troca.

Resumido tudo isso, fica uma pergunta: Como uma empresa com o porte da Itautec deixa isso acontecer? Alguém errou, isso é certo, porém será que sou tão sem sorte assim de comprar pela segunda vez na mesma empresa e ter problema novamente?

Comprei acreditando na credibilidade e porque gostei bastante do primeiro notebook. É óbvio que essas coisas acontecem, porém espero receber a mercadoria em breve e retornar a minha rotina anterior sem ter dor de cabeça e aborrecimentos.

Anúncios

6 comentários sobre “Compre um Dual Core, receba um Celeron M

  1. milhouse 8 de março de 2008 / 17:36

    Putz cara, tem coisas que é foda (com o perdão da palavra). Você confia na empresa, mesmo depois de uma mancada ainda assim tenta de novo. Ai a empresa Pisa mais ainda na bola e da uma dessa.

    Curtir

  2. ceti 8 de março de 2008 / 18:37

    prá mim, Itautec nunca mais!
    comprei o mesmo laptop seu há uns 2 meses. liguei a máquina, o Librix dava pau direto e não conseguia conecção wireless.
    liguei prá eles, fiquei na mesma ciranda sua de “espere só um minutinho” e não adiantou nada. O cara que me atendeu falou que esses laptops funcionam bem é com Windows (!!!), que Linux dava muito problema (!!!), que se tinha outra pessoa usando Windows aqui em casa, isso interferia no Linux (!!!). Pode ? Peruntei, então, como eu fazia prá instalar novos programas, ele mandou esperar mais uma vez e depois de uns 20 min. eu desliguei.

    daí peguei o disco de recuperação e tentei reinstalar: o DVD deu pau aos 65%, isso depois de umas 2 horas!!!!

    que fiz? vendi com prejuízo e comprei um CCE T5200 (é, CCE…), que tá uma beleza!

    boa sorte.

    Curtir

  3. thluxx 9 de março de 2008 / 11:18

    Realmente é complicada a situação, mas é aquele negócio, achei que não teria problemas pois é muita falta de sorte acontecer duas vezes, só que aconteceu. Segundo o último contato com a Itautec, eu serei informado do andamento da situação e assim que o produto for liberado vão me avisar. Dei um prazo até o início dessa semana (terça), caso não resolvam de vez esse erro, irei cancelar a compra pois de acordo com o código de defesa do consumidor, tenho 7 dias para desistir e devolver o produto.

    Quanto ao modelo CCE T5200, era uma de minha opções, porém o mesmo encontra-se esgotado em todas as lojas que pesquisei. Penso que seria uma ótima aquisição.

    Já a afirmação de que o Linux não roda bem no W7635, o problema é o chipset da VIA. No site da empresa até existem os pacotes para instalar os drives de som, video e rede para o Ubuntu, porém neste caso tenho que optar pela versão alternate para tentar a instalação.

    Curtir

  4. Mauro Amado e Silva 10 de março de 2008 / 22:42

    pois bem: comprei o tal w7635 intel pentium dual-core inside etc etc etc.
    uma bomba: o aparelho veio com VARIOS defeitos: esquenta e acaba travendo (tela azul); o drive do disco vibra demais e, siquer consigo reinstalar o programa operacional.
    a assistência técnica afirma que “tirando um dos pentes de memória funciona perfeitamente” …. só que não conseguiram reinstalar o windows vista como afirmaram.
    o pior é que não consigo trocar essa geringonça e, obviamente, a itautec também não quer esse lixo de volta porque sabem muito bem o que fabricam.
    é por isso que essas bocas de porco quebram quando se metem em mercado do primeiro mundo: lá é ferro e não cola esse papo furado de “industria das indenizações”, “enriquecimento sem causa” e outras embromações que só favorecem esses fabricantes de fajutagens e o prejuízo sempre acaba no bolso do consumidor.
    dias melhores hão de vir
    mas

    Curtir

  5. marcelo 31 de maio de 2008 / 06:04

    Pois é amigo depois tem pessoas que dizem prefiro comprar de loja que tem garantia mais segurança e vale a pena o investimento . Ae penso comigo mesmo sera que vale a pena pagar mais mesmo. Cada um é cada um mas sempre vive de coisas baratinhas que nunca deram problema uma vez comprei processador no mercado livre e deu problema o clock tava errado mais baixo . Levei pra assistencia tecnica para ter certeza que era defeito do processador e nao outra coisa. Depois de constatado o problema falei com vendedor do mercado livre ele me trocou na hora . Resumindo paguei pouco e tive garantia melhor que de loja que tem muita burocracia.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s