O Leopard mostra suas garras

Com o preço sugerido de R$269,00 para uma licença, o novo sistema da Aplle, o OSX 10.5 Leopard chega ao mercado fazendo barulho e mostrando que bom preço e um excelente produto andam juntos. Ponto para a Apple. Embora rode em arquitetura específica, alguns hackers já conseguiram fazer o sistema ser executado na plataforma PC.

Confesso que já tive mais admiração pela Apple, porém tive uma experiência não muito agradável quando meu iPod Nano deu problema e ao procurar uma assistência técnica eles não resolveram a questão devido eu estar sem a nota fiscal. Isso mesmo, a empresa de Jobs não brinca em serviço. Como eu ganhei o aparelho e não atinei para a nota do produto, a única opção foi sair da assistência ‘P’ da vida e com um aparelho morto. Mas isso faz parte, ainda bem que existem outras opções no mercado. Meu MuVo supriu bem a falta do iPod.

Voltando ao Leopard lançado semana passada, ainda não tive o privilégio de ver ao vivo e a cores, vi apenas através de capturas de telas e releases em fóruns e sites especializados, porém confesso que deu vontade de poder fuçar no novo felino, especialmente para conhecer os novos recursos do sistema.

Pelas matérias que andei lendo, a Apple mais uma vez surpreendeu, no entanto vai uma ressalva, não se trata de uma coisa revolucionária e sim uma evolução do sistema.

Dentre as análises que li, a que mais me chamou a atenção foi sobre a performance do sistema em relação ao Windows Vista. Mais uma vez a Apple mostra que tem boa mira. O sistema é melhor e mais rápio que o Vista. Palavras de Walt Mossberg, do Wall Street Journal.

Falando nisso, ontem tive uma surpresa. Já tinha lido à respeito mas não havia testado. Precisei imprimir alguns documentos. Minha impressora fica no PC que tenho em casa. Nele tenho o Windows e uma versão do Mandriva 2008. Instalar essa impressora no Windows é meio burocrático, optei então instalar no Mandriva. Fiquei decepcionado. O CUPS deu erro. Como não estava com tempo, cutuquei a impressora no notebook e pimba! O Ubuntu reconheceu, instalou e ainda me lembrou que preciso comprar cartuhos novos tendo em vista a tinta ter secado a um bom tempo! Fiquei sem imprimir, mas posso afirmar que fiquei surpreso com essa funcionalidade.

Show de bola, essa são as palavras que encontrei para resumir essa experiência. Mais uma vez vejo o quanto o Linux (Ubuntu) vem amadurecendo e mostrando o quanto cresceu e já pode ser uma excelente opção no desktop. Pena que muitos ainda o ignoram. Quem sabe ele um dia alcance a maturidade de um OSX, porém se deixar de ser o nosso Linux de cada dia.

Anúncios

4 comentários sobre “O Leopard mostra suas garras

  1. foolano 29 de outubro de 2007 / 17:37

    Curiosidade: qual é o modelo da sua impressora?

    Curtir

  2. bedi 29 de outubro de 2007 / 17:47

    olá,
    bom, o ideal seria você ver certinho qual foi o erro que ocorreu quando o Mandriva tentou detectar a impressora, o serviço cups estava rodando, o gerenciador derrepente não pediu por mais pacotes e você estava sem internet conectada, essas coisas…

    abraço,
    Sérgio Rafael

    Curtir

  3. thluxx 29 de outubro de 2007 / 18:00

    Bem, não mencionei isso em meu texto, mas devido à correria, não verifiquei o problema a fundo. O sistema pediu para instalar alguns pacotes e assim eu fiz. Minha conexão estava funcionando perfeitamente. Devido ao tempo escasso irei verifiar posteriormente, no entanto gostaria de ressaltar a qualidade do Mandriva 2008. Não é por um problema isolado que não deixarei de avaliar positivamente o trabalho que fizeram no 2008. Quanto a impressora, a mesma é uma HP PSC 1510.

    Curtir

  4. Daniel 7 de abril de 2008 / 15:13

    O leopard já nasceu com compatibilidade para intel que alias a apple já da suporte a um bom tempo em outros sistemas operacionais. Na própria página da apple em system requirements é possível visualisar o logo da intel em requerimentos da cpu, precisa de apenas 512 de memória embora seja recomendável mais. Em resumo não precisa ser nenhum hacker para insalar o leopard numa máquina intel como por exemplo um celeron M ou um core2duo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s