Cuba estimula o uso do Linux

Que Fidel Castro não morre de amores pelos Estados Unidos todos nós sabemos, afinal, são mais de 40 anos lutando e enfrentando os EUA.

bandeira.png

Uma dessas lutas reflete na tecnologia. Desde 2005 o governo cubano vem estimulando o uso do Linux em vez do Windows nos computadores dos centros comunitários e do governo.

“Com a expansão no uso do software livre, Cuba deixaria para trás sua dependência do sistema Windows e as possíveis exigências judiciais de seu proprietário, a gigante norte-americana Microsoft”, afirmou o Juventud Rebelde, diário da União de Jovens Comunistas.

Ainda que a maioria dos computadores em operação no país empregue o sistema operacional da Microsoft, o governo pretende que metade das máquinas nos escritórios e ministérios migre para o Linux nos próximos três anos.”

Cuba dispõem de 380 mil computadores, sendo uma média de 2,4 máquina para cada grupo de 100 habitantes e o governo vem tratando a utilização do Linux nos computadores como sendo de “soberania tecnológica”.

Fonte: Info

Anúncios

Um comentário sobre “Cuba estimula o uso do Linux

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s