Arquivos

Posts Tagged ‘GNOME Look’

Precise Pangolin, o Ubuntu mais que perfeito

abril 28, 2012 2 comentários

Ontem, 26Abr12 foi um dia significativo para a comunidade Ubuntu, enfim saiu a mais nova versão do sistema operacional da Canonical, e com ela, inúmeras novidades. Em especial destaco um Unity mais maduro e estável e de quebra a tão solicitada customização.

É certo que ainda faltam muitas coisas a serem feitas, mas sejamos justos, a empresa do Tio Mark deu uma boa guaribada nessa versão, tornando-a talvez, uma das que mais sofreu modificações e melhorias nos últimos tempos.

Neste post pretendo sugerir dicas de como dar aquela personalizada em seu Ubuntu, mais ou menos igual a imagem acima. Uma das maiores reclamações dos usuários estava ligada exatamente a possibilidade de mudar a cara do sistema, dando um toque pessoal na área de trabalho, seja com temas, ícones e papéis de parede. Esse era sem dúvida um dos maiores problemas do Unity. Hoje porém já é possível dar um charme ao ambiente sem ter que fazer configurações mirabolantes, bastando instalar aplicações como o MyUnity ou o Ubuntu-Tweak, para assim mudar o sistema sem sofrimentos.

Gostaria de deixar claro que minha intenção é  de trazer dicas de outros sites, os quais sempre visito e aprendo bastante. Deixarei os links abaixo e no corpo do texto, pra facilitar chegar nas soluções que escolhi.

Como na imagem no topo, não fiz mudanças significativas. Optei pelo tema padrão Ambiance, o qual me agrada bastante. Instalei apenas um novo conjunto de ícones (FS-Icons Ubuntu) e o Conky-Lua, tendo assim um resultado bastante agradável.

É óbvio que você pode fazer bem melhor, para tanto, basta seguir as dicas preciosas dos sites sugeridos, e você terá a possibilidade de fazer bonito com a personalização de seu sistema.

Pra começar, sugiro uma boa lida neste post do blog UbuntuBR Santa Catarina. Com essas dicas você já pode começar a instalar aplicativos, ferramentas e plugins que vão dar uma nova vida ao sistema. Poderá ainda personalizar o Nautilus, atualizar drives, adicionar repositórios úteis e programas de configuração que deixarão seu Ubuntu tinindo.

Pra quem gosta de explorar temas e fazer experiências, o GNOME-LOOK e o deviantART trazem boas opções de customização. Nestes dois sites você encontra uma infinidade de complementos que vão deixar muitos usuários de outros sistemas de boca aberta. Recomendo explorá-los sem moderação. =)

Outro site muito legal e que possibilitará aos usuários dar aquele tcham é o Ubuntued. Ali existem ótimos tutoriais que vão de configurações básicas, até receitas mais avançadas de como fazer o Ubuntu ficar ‘s wonderful! Além de excelentes tutoriais, o site possui um ótimo fórum de discussões, e de quebra mostra o trabalho dos usuários na intitulada Série de visuais, espaço aberto pra quem quer mostrar a cara de seu linux.

Pra finalizar, deixo dois links pra  instalar o Conky. Pra quem não saber, este programinha mágico possibilita colocar no desktop informações básicas e/ou avançadas do sistema operacional, dando uma característica moderna no visual. Neste link você vai aprender a instalar o Conky básico, já neste, segue um tutorial em inglês de como instalar o Conky-Lua, uma nova versão do aplicativo, que vem fazendo bastante sucesso entre os usuários Linux.

Abaixo deixo também links de ótimos sites que podem ajudar bastante no processo de configuração e resolução de problemas de seu Ubuntu.

- Ubuntudicas, Viva o Linux, Ubuntued, TutorFree, Ubuntero, Planeta ubuntu Brasil, OMG Ubuntu, Ubuntu Blogs, Seja Livre.org, Blog do Aprígio Simões, Ubuntips, Orgulho Geek,Ubuntu Games, dentre outros que você encontra aqui.

 Agora é só botar a mão na massa e ler bastante para deixar seu sistema mais que perfeito!

[]’s

StartUp-Manager – canivete suíço para o Grub

agosto 21, 2008 2 comentários

Existem alguns programinhas no linux que realmente fazem a diferença, especialmente para os usuários novatos. Esses “canivetes suíços” são uma mão na roda até mesmo para os mais experientes quando se quer produtividade, apesar que muitos ainda preferem fazer tudo na mão.

Hoje em dia muitas distribuições e desenvolvedores estão preocupadas em minimizar o impacto no que diz respeito a configurações complexas e o uso do terminal para os usuários, especialmente os novatos. Para isso, implementam várias ferramentas para otimizar a configuração do sistema. Um exemplo é o  conceituado Yast do OpenSuse/Suse. Nessa ferramenta, o usuário faz tudo, ou quase tudo para deixar o seu linux redondinho usando interface gráfica.

Quem usa o Ubuntu ainda sente falta de um gerenciador como o Yast para realizar todas as configurações do sistema, desde as mais simples, até a mais complexa. Já li algumas manifestações e sugestões sobre o assunto, porém, pelo menos até onde sei, não existe uma preocupação nesse sentido. Se estiver errado me corrijam!

Dentre essas configurações, uma que incomoda bastante é a do GRUB. Muitos usuários não querem o Linux como sistema principal, outros não curtem a interface e querem colocar algo mais bonito, dentre outras opções. Para resolver, bastaria entrar no terminal, digitar sudo gedit /boot/grub/menu.lst e mudar as configurações conforme sua necessidade. Porém, para quem “nunca” experimentou um terminal e quando deparar com as configurações do arquivo vai acabar enlouquecendo e será mais um motivo para dizer que Linux é ruim, que é difícil e não presta.

Uma solução interessante para resolver a questão é instalar o StartUp-Manager. Esse utilitário gráfico permite editar as configurações do GRUB de forma bastante simples. Para instalar o StartUp-Manager o usuário pode usar a opção Aplicações>Adicionar/Remover Aplicações. Ao abrir, vá no campo esquerdo e em Ferramentas do Sistema localize o aplicativo. Quem optar pelo Synaptic, após abrir o programa, procure por StartUp-Manager e marque para instalação. E para quem quiser instalar pelo terminal, sudo apt-get install startup-manager.

Feita a instalação, agora é hora de configurar o utilitário conforme sua necessidade. Para acessá-lo, vá ao menu Sistema>Administração>StartUp-Manager. Ao ser executado, será apresentada a tela de configuração conforme abaixo.

Para efetuar as configurações é necessário estar logado como root. Não é complicado configurá-lo porém é importante ter cuidado.

Na primeira aba, Opções de inicialização, o usuário pode definir o tempo limite que o GRUB irá dar o boot, poderá selecionar o sistema operacional que inicializará por default e pode ainda escolher a resolução do splash. O ideal é deixar o valor padrão. Nos itens diversos, você pode optar em mostrar ou não o GRUB, opção útil para quem tem apenas o Linux instalado e não necessita do carregamento da interface do gestor. O usuário pode escolher a utilização do splash, aquela telinha que oculta o modo verbose ou então  em mostrar o texto durante a inicialilzação.

Na aba Aparência, o usuário pode melhorar a apresentação do GRUB. Algumas distros capricham na tela, outras usam a aparência default, como é o caso do Ubuntu. Nesta opção você pode usar cores, colocar temas (usar imagem de fundo no GRUB) e mudar o splash. Muitos temas podem ser baixados no Gnome-Look. Vale a pena dar uma boa olhada.

Em Segurança, o usuário tem a opção de proteger com mais rigor o seu sistema. Você pode definir senha para acessar o GRUB, o modo de segurança e nas opções antigas de inicialização, um kernel antigo por exemplo.

Na última aba, Avançado, o usuário pode limitar a quantidade de kernels exibidos, definir algumas opções de boot, criar um disco de segurança e restaurar todas as configurações originais.

Em resumo, o StartUp-Manager é mais voltado para quem não tem habilidade com o modo texto e quer um aplicação que facilite a configuração do sistema. Use-o com moderação e responsabilidade, pois uma configuração errada pode danificar o seu GRUB.

Posts relacionados

O maravilhoso dd e Restaurando seu GRUB

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.467 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: