Arquivos

Posts Tagged ‘firmware’

Positivo Alfa

agosto 30, 2010 35 comentários

Prezados leitores, essa semana recebi o Positivo Alfa. Sim, comprei esse gadget, afinal leio muito e confesso que essa prática no note/netbook não estava me agradando muito. Meus olhos agradecem.

Desde que vi a primeira matéria que tratava à respeito do e-reader da Positivo Informática, fiquei bastante animado com a ideia de comprar um, mas devido ao preço e a incerteza da qualidade do produto, acabei por esperar os primeiros relatos pipocarem na net para decidir ou não pela compra.

As primeiras impressões após o lançamento até que foram favoráveis à compra. Depois de garimpar pela net os poucos sites especializados que mencionavam sobre o aparelho, alguns vídeos no Youtube e reportagens sobre o novo concorrente nacional do Kindle, o que me encorajou  definitivamente  foi o review da Bia Kunze (Garota sem fio), que sanou minhas principais dúvidas.

Na última quarta-feira minha encomenda chegou. Tratei logo de colocar no bichinho alguns livros que converti para o formato ePub usando o software Calibre, software este que além de gratuito, pode ser baixado par Linux, Mac e Windows. Essa parte relatarei em outro post futuramente.

Numa avaliação preliminar, deixo claro que não vou copará-lo com outros leitores e nem tratar sobre o que já foi amplamente escrito por aí, pois já disseram muito sobre o funcionamento do leitor. Quem quiser saber mais, recomendo o post da Bia e o do Roberto do blog Supercaras. Apenas para deixar bem claro, posso dizer seguramente que o aparelho cumpre o que promete, ou seja, é uma ótima opção para quem está em busca de um leitor digital de livros.

Desde o recebimento do aparelho, fiz todos os testes que pude e li muito. As configurações são muito simples e intuitivas. Basicamente é só acertar data, hora e local. Os livros em formato ePub após a transferência são catalogados e ajustados por data, título, data do download e autor. As funções de busca, dicionário e marcadores funcionam relativamente bem, apesar que não uso essas frescuras. Meu negócio é ler. No meu caso, como possuo uma vasta quantidade de PDF, converti alguns para o formato ePub, formato esse amplamente utilizado para esses aparelhos e que proporcionar uma melhor leitura, digo isso porque ajusta-se o tamanho das fontes sem prejudicar a apresentação na página, o que não ocorre com arquivos em PDF, sendo necessário ajustar a tela de um lado pro outro.

Outro aspecto interessante que surgiu com o lançamento do Alfa é que a Positivo não é a mãe da criança conforme antes anunciado. O aparelho é fabricado na China e diversos países o importaram, sendo que  é encontrado por aí com outros nomes, como o Avant. O único diferencial entre o Alfa com seus irmãos estrangeiros é que a Positivo ocultou algumas boas funcionalidades do aparelho como MP3, wireless e  visualização de imagens para conseguir uma redução de impostos. É uma pena, afinal, ouvir um audiobook ou mesmo baixar  podcasts seria uma ótima pedida. Já adianto uma coisa, o som não é lá essas coisas, mas da pro gasto.

Apesar de ter o produto na mão e já estar usufruindo de uma leitura agradável, não parei de pesquisar sobre o gadget. O Roberto do blog Supercaras, o mesmo do review acima, trouxe em primeira mão a notícia de que era possível substituir o firmware do Alfa, podendo assim ter acesso aos recursos multimídia e algumas funcionalidades que a Positivo retirou. Lembro porém que com essa mudança, perde-se o dicionário Aurélio. Motivado pela curiosidade, mesmo sabendo que perderia o dicionário, o qual não cheguei a usar efetivamente durante minhas leituras, acabei criando coragem e mudei o firmware do brinquedinho. No vídeo abaixo (perdoem-me pela qualidade ruim), pode-se ver o Alfa rodando o  novo sistema. O processo é bastante simples. É necessário baixar o arquivo zipado (75 Mb), descompactá-lo em um cartão Micro SD e nas configurações avançadas, selecionar a opção de atualizar o firmware. As duas opções existentes são espanholas, sendo uma para o modelo Avant da Booq Readers e a outra uma versão customizada e encontrada no fórum NVSBL, sendo que em ambos, existe um pequeno tutorial de como fazer a atualização. Não está disponível porém a língua portuguesa como opção. Mas quem não se importar com o espanhol, já é sem dúvida uma boa opção em vez das demais disponíveis.

Em resumo, posso afirmar que com a mudança, o grande atrativo foi poder executar os arquivos em MP3, isso é bastante útil para quem curte audiobooks.  Outra opção interessante é a de ver fotos no formato JPG e PNG, mas partindo do princípio de que a tela é padrão e-paper  em tons de cinza, talvez a experiência não seja tão agradável. Também não consegui fazer a rede wireless funcionar. Nos produtos vendidos nos outros países, existe essa possibilidade, já com o Alfa, apesar do sistema operacional, que a meu ver é uma variável do Ubuntu, o sistema não encontrou nenhum hardware de rede, apesar da configuração estar presente.

Ter perdido o dicionário Aurélio e 400MB do espaço interno com a instalação do novo firmware não foi um inconveniente, mesmo porque tenho um cartão Micro SD, senti também uma sensível melhora na velocidade do leitor. Realmente abrir livros agora ficou mais rápido. O próprio boot ficou mais esperto. Numa análise mais abrangente, vale a pena atualizar, porém, faça isso se realmente os  recursos forem interessantes para você, afinal, é uma incerteza se a Positivo irá disponibilizar algum dia uma versão mais atual do firmware e com todas as funcionalidades existentes para o Alfa. Lembro porém que  ao trocar o firmware, podem ocorrer  problemas e é bem provável que o equipamento ficará inutilizado. Meu EeePC 701 sabe bem disso. Portanto, faça por sua conta e risco.

Creio que no geral o aparelho é uma ótima opção para quem quer um leitor de livros digitais. É certo que o preço ainda está alto, mas acredito que a tendência é baixar. Bem que o governo poderia dar uns incentivos, pois leitura é educação. Quanto aos livros, existem boas opções no mercado. O que encontrei por aí ainda é caro e possui DRM, mesmo assim existem bons títulos.  Resta saber se esse comércio vai vingar no Brasil e se os preços vão baixar. Existem  alternativas como o PDL e inúmeros sites de  usuários que disponibilizam arquivos em PDF, TXT e RTF, que podem ser lidos em seu formato nativo ou convertidos para ePub, porém é bom ter cuidado com as questões autorais. No mais, o Alfa tem sido uma experiência deliciosa, agora posso levar minha biblioteca para onde eu for, sem me preocupar com volume e peso. Recomendo a todos, realmente valeu a pena o investimento, mesmo o preço do leitor estando um pouco salgado.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.403 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: